Política de privacidade

Estamos muito satisfeitos por ter mostrado interesse na nossa empresa. O uso das páginas da Internet da moov.t é possível sem qualquer indicação de dados pessoais; no entanto, se um titular de dados desejar usar serviços especiais através do nosso website, o tratamento de dados pessoais pode ser necessário. Se o tratamento de dados pessoais for necessário e não houver base estatutária para tal tratamento, obtemos o consentimento do titular dos dados.

O tratamento de dados pessoais – como o nome, endereço, endereço de e-mail, ou número de telefone – de um titular dos dados deve estar sempre em conformidade com o Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD), e de acordo com os regulamentos de protecção de dados específicos do país e aplicáveis à moov.t. Por meio desta declaração de protecção de dados, a nossa empresa gostaria de informar o público em geral sobre a natureza, alcance, e finalidade dos dados pessoais que colectamos, usamos, e tratamos. Além disso, os titulares dos dados são informados, por meio desta declaração de protecção de dados, dos direitos que os assistem.Como controlador, a moov.t implementou várias medidas técnicas e organizacionais para assegurar a protecção mais completa dos dados pessoais tratados através deste website. No entanto, as transmissões de dados baseadas na Internet podem, em princípio, ter lacunas de segurança, e portanto a protecção absoluta pode não ser garantida. Por este motivo, cada titular dos dados é livre de nos transferir dados pessoais através de meios alternativos, por exemplo, por telefone. Pode encontrar uma lista das várias formas de entrar em contacto connosco aqui.Por favor note que a moov.t não pode garantir que todos os URLs neste documento estejam funcionais aquando da leitura do mesmo. Todos os URLs presentes nesta declaração de protecção de dados são verificados como correctos e activos no momento da redacção deste documento; contudo, a moov.t não pode garantir que os URLs para websites externos permaneçam funcionais ao longo do tempo, pois tais URLs estão sujeitos a alterações ao critério do proprietário do website externo.

Para sua conveniência durante a leitura deste documento, a maior parte do conteúdo começa em modo colapsado. Para expandir ou colapsar o conteúdo de cada secção, por favor clique no título da secção respectiva. Também pode expandir todas as secções ou colapsar todas as secções.

1 – APRESENTAÇÃO
Esta declaração de protecção de dados baseia-se nos termos utilizados pelo legislador europeu para a adopção do Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD). A nossa declaração de protecção de dados deve ser legível e compreensível para o público em geral, bem como para os nossos clientes e parceiros de negócios.

2 – NOME E ENDEREÇO DO CONTROLADOR
O controlador, para efeitos do Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD) e outras leis de protecção de dados aplicáveis nos Estados-Membros da União Europeia e outras disposições relacionadas com a protecção de dados, é:

MORADA
Rua Vigor da Mocidade, n.º 24 R/CH. DTO.

3045-401 Coimbra.

CONTACTOS
Tel: 960113345
Web:  http://www.moovt.pt
E-mail:  moovt.portugal@gmail.com

3 – COOKIES
Nós usamos cookies neste site. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que identifica o seu computador no nosso servidor. Os cookies em si não identificam o utilizador individual, apenas o computador utilizado. Os cookies não são usados para recolher informações pessoais.O utilizador tem, a qualquer momento, a possibilidade de configurar o seu computador para aceitar todos os cookies, para notificá-lo quando um cookie é emitido ou para não receber quaisquer cookies. A forma como faz isso depende do navegador (web browser) que utiliza. Por favor, consulte a função “Ajuda” do seu navegador. Se aceitar cookies, eles podem permanecer no seu computador por muitos anos, a menos que os elimine. Por favor, note que desligar cookies pode limitar o uso de sites em geral PHPSESSID Este cookie é essencial e permite a nosso site responder a qualquer ação que executa no site, tal como completar um formulário de inquérito. O site não funciona corretamente se este cookie não for usado.

Controlo de cookies:

Os navegadores da Web permitem exercer algum controle de cookies através das configurações do navegador. A maioria dos navegadores permitem bloquear cookies ou bloquear cookies de sites específicos. Os Navegadores também podem ajudá-lo a apagar os cookies quando fecha o navegador. Deve observar no entanto, que isso pode significar que quaisquer opt-outs ou preferências definidas no site serão perdidos. Para saber mais sobre os cookies, incluindo a forma de ver o que os cookies foram criados e como gerenciar e excluí-los, visite www.allaboutcookies.org que inclui informações sobre como gerir as suas configurações para os vários fornecedores de navegadores.

4 – SUBSCRIÇÃO DAS NOSSAS NEWSLETTERS (BOLETINS INFORMATIVOS)
No website da moov.t, os visitantes têm a oportunidade de se inscrever na newsletter (boletim informativo) da nossa empresa. O formulário de subscrição utilizado para este propósito determina quais os dados pessoais que são transmitidos, bem como quando a newsletter é solicitada ao controlador.
A moov.t informa regularmente os seus clientes e parceiros de negócios através de uma newsletter sobre notícias, novidades dicas. A newsletter só pode ser recebida pelo titular de dados se (1) este tiver um endereço de e-mail válido, e (2) este se inscrever para a recepção da newsletter. Por razões legais, um e-mail de confirmação será enviado para o endereço de e-mail registado pela primeira vez pelo titular dos dados para o envio de newsletters, num procedimento normalmente conhecido como “dupla inscrição”. Este e-mail de confirmação é usado para verificar se o proprietário do endereço de e-mail – como titular de dados – deseja receber a newsletter.

Durante a inscrição para a newsletter, também armazenamos o endereço IP do sistema informático atribuído pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP) e usado pelo titular dos dados no momento do registo, bem como a data e hora do registo. A recolha destes dados é necessária para compreender o (possível) uso indevido do endereço de e-mail de um titular de dados numa data posterior e, portanto, serve o objectivo da protecção legal do controlador.

Os dados pessoais recolhidos como parte de um registo para a newsletter só serão utilizados para enviar a nossa newsletter. Além disso, os assinantes da newsletter podem ser informados por e-mail, desde que tal seja necessário para a operação do serviço de newsletter ou um registo em questão, como poderia ser o caso de modificações na oferta de newsletter, ou a alteração de circunstâncias técnicas. Não haverá transferência de dados pessoais recolhidos pelo serviço de newsletter para terceiros. A assinatura de nossa newsletter pode ser terminada pelo titular dos dados a qualquer momento. O consentimento para o armazenamento de dados pessoais, que o titular dos dados forneceu para enviar a newsletter, pode ser revogado a qualquer momento. Para efeitos de revogação do consentimento, um endereço correspondente pode ser encontrado em cada newsletter. O titular dos dados também pode desinscrever-se da newsletter comunicando esse desejo ao controlador.

5 – POSSIBILIDADE DE CONTACTO VIA WEBSITE
O website da moov.t contém informações que permitem um contacto electrónico rápido com a nossa empresa, bem como uma comunicação directa connosco, o que também inclui um endereço geral do chamado correio electrónico (endereço de e-mail). Se um titular de dados entrar em contacto com o controlador por e-mail ou através de um formulário de contacto, os dados pessoais transmitidos pelo titular dos dados são armazenados automaticamente. Esses dados pessoais transmitidos de forma voluntária pelo titular dos dados ao controlador de dados são armazenados com o propósito de tratar ou entrar em contacto com o titular dos dados. Não há transferência desses dados pessoais para terceiros.

6 – DURAÇÃO DO ARMAZENAMENTO DE DADOS
Os dados serão conservados por um período máximo de 5 anos após o fim da sua utilização.

7 – DIREITOS DOS TITULARES DOS DADOS
Direito de ser informado
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de saber como os dados pessoais por si fornecidos serão usados pelo controlador ou pelo processador.
A presente declaração de protecção de dados explica como todos os dados pessoais recolhidos podem ser usados. Se um titular de dados tiver alguma dúvida sobre como os seus dados pessoais serão usados, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar a moov.t.
Direito de confirmação
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter confirmação do controlador sobre se os dados pessoais relativos a ele/ela estão ou não a ser tratados. Se um titular de dados desejar usufruir deste direito de confirmação, ele/ela pode, contactar-nos a qualquer momento.
Direito de acesso
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador, a qualquer momento e gratuitamente, informações sobre os seus dados pessoais armazenados e uma cópia desta informação. Além disso, as directivas e regulamentos europeus concedem ao titular dos dados acesso à seguinte informação:
Direito de rectificação
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador sem demora indevida a rectificação de dados pessoais imprecisos sobre ele/ela. Tendo em conta os propósitos do tratamento, o titular dos dados tem o direito de preencher os dados pessoais incompletos, inclusive mediante a apresentação de uma declaração complementar.Se um titular de dados desejar usufruir deste direito de rectificação, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar-nos directamente.
Direito de apagamento (Direito de ser esquecido)
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador o apagamento de dados pessoais que lhe dizem respeito definitivamente
Direito de restrição do tratamento
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador restrição de tratamento
Direito à portabilidade de dados
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de receber os dados pessoais referentes a ele/ela, que foram fornecidos a um controlador. Além disso, pode exercer o seu direito à portabilidade dos seus dados.  Para assegurar o direito à portabilidade de dados, o titular de dados pode, em qualquer momento, contactar-nos directamente.
Direito de objecção
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de se opor, por motivos relacionados com a sua situação particular, a qualquer momento, ao tratamento de dados pessoais que lhe digam respeito.
O direito de ser informado em caso de tomada de decisão automatizada, a lógica subjacente a esse sistema, assim como a importância e consequências do seu tratamento para a pessoa em causa.
Direito de retirar o consentimento ao tratamento de dados
Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de retirar o seu consentimento ao tratamento de seus dados pessoais a qualquer momento.Se o titular dos dados desejar exercer o direito de retirar o consentimento, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar directamente o nosso Encarregado de Protecção de Dados ou outro funcionário do controlador.
8. PROTECÇÃO DE DADOS PARA CANDIDATURAS E PROCEDIMENTOS DE CANDIDATURA
O controlador de dados irá recolher e tratar os dados pessoais dos candidatos com o objectivo de tratar o procedimento da candidatura. O tratamento também pode ser realizado electronicamente. Este é o caso, em particular, se um candidato enviar os documentos da candidatura correspondentes por e-mail ou através de um formulário no website para o controlador.

Se o controlador de dados concluir um contrato de trabalho com um candidato, os dados enviados serão armazenados com o objectivo de processar a relação de trabalho de acordo com os requisitos legais.

Se nenhum contrato de trabalho for celebrado com o candidato pelo controlador de dados, os documentos da candidatura serão automaticamente apagados no prazo de dois meses após a notificação da decisão de recusa, desde que (1) nenhum outro interesse legítimo do controlador – como o fardo de prova num procedimento legal – se oponham ao apagamento, ou (2) o titular dos dados expresse explicitamente o seu desejo de que o controlador retenha os dados pessoais. Um exemplo típico desse desejo do titular de dados é quando ele/ela pretende que o controlador retenha um Curriculum Vitae (ou seja, dados pessoais) para contacto futuro quando surgir uma oportunidade de emprego adequada.Para fornecer aos visitantes mais escolha sobre como os seus dados são recolhidos pelo Google Analytics, o Google desenvolveu o Google Analytics Navegador Opt-out Add-on. O add-on comunica com o JavaScript do Google Analytics (ga.js) para indicar que as informações sobre a visita do site não devem ser enviados para o Google Analytics. O Google Analytics Navegador Opt-out extra não impede que as informações sejam enviadas para o site em si ou para outros serviços da web analytics. Saiba mais sobre o Google Analytics Brower Opt-out extra.

9 – FORNECIMENTO DE DADOS PESSOAIS COMO REQUISITO LEGAL OU CONTRATUAL; REQUISITO NECESSÁRIO PARA CELEBRAÇÃO DE CONTRATO; OBRIGAÇÃO DO TITULAR DOS DADOS DE FORNECER OS DADOS PESSOAIS; POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE FORNECIMENTO DESSES DADOS.
Esclarecemos que o fornecimento de dados pessoais é parcialmente exigido por lei (por exemplo, regulamentos fiscais) ou também pode resultar de disposições contratuais (por exemplo, informações sobre o parceiro contratual).Às vezes, para fechar um contrato, pode ser necessário que o titular dos dados nos forneça dados pessoais, que devem ser posteriormente tratados por nós. O titular dos dados é, por exemplo, obrigado a fornecer dados pessoais quando a nossa empresa assina um contrato com ele/ela. O não-fornecimento de dados pessoais teria a consequência que o contrato com o titular dos dados não poderia ser concluída.Antes de os dados pessoais serem fornecidos pelo titular dos dados, o titular dos dados deve entrar em contacto com o nosso Encarregado de Protecção de Dados. O nosso Encarregado de Protecção de Dados esclarece o titular dos dados sobre se a prestação dos dados pessoais é exigida por lei ou contrato ou se é necessária para a celebração do contrato, se existe a obrigação de fornecer os dados pessoais, e as consequências da falta de fornecimento dos dados pessoais.

10 – ACTUALIZAÇÕES
Esta política de privacidade pode ser actualizada regularmente. Por este motivo, recomendamos que o consulte sempre que visitar o nosso website.

Política de privacidade

Estamos muito satisfeitos por ter mostrado interesse na nossa empresa. O uso das páginas da Internet da moov.t é possível sem qualquer indicação de dados pessoais; no entanto, se um titular de dados desejar usar serviços especiais através do nosso website, o tratamento de dados pessoais pode ser necessário. Se o tratamento de dados pessoais for necessário e não houver base estatutária para tal tratamento, obtemos o consentimento do titular dos dados.
O tratamento de dados pessoais – como o nome, endereço, endereço de e-mail, ou número de telefone – de um titular dos dados deve estar sempre em conformidade com o Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD), e de acordo com os regulamentos de protecção de dados específicos do país e aplicáveis à moov.t. Por meio desta declaração de protecção de dados, a nossa empresa gostaria de informar o público em geral sobre a natureza, alcance, e finalidade dos dados pessoais que colectamos, usamos, e tratamos. Além disso, os titulares dos dados são informados, por meio desta declaração de protecção de dados, dos direitos que os assistem.Como controlador, a moov.t implementou várias medidas técnicas e organizacionais para assegurar a protecção mais completa dos dados pessoais tratados através deste website. No entanto, as transmissões de dados baseadas na Internet podem, em princípio, ter lacunas de segurança, e portanto a protecção absoluta pode não ser garantida. Por este motivo, cada titular dos dados é livre de nos transferir dados pessoais através de meios alternativos, por exemplo, por telefone. Pode encontrar uma lista das várias formas de entrar em contacto connosco aqui.Por favor note que a moov.t não pode garantir que todos os URLs neste documento estejam funcionais aquando da leitura do mesmo. Todos os URLs presentes nesta declaração de protecção de dados são verificados como correctos e activos no momento da redacção deste documento; contudo, a moov.t não pode garantir que os URLs para websites externos permaneçam funcionais ao longo do tempo, pois tais URLs estão sujeitos a alterações ao critério do proprietário do website externo. Para sua conveniência durante a leitura deste documento, a maior parte do conteúdo começa em modo colapsado. Para expandir ou colapsar o conteúdo de cada secção, por favor clique no título da secção respectiva. Também pode expandir todas as secções ou colapsar todas as secções.

1 – APRESENTAÇÃO

Esta declaração de protecção de dados baseia-se nos termos utilizados pelo legislador europeu para a adopção do Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD). A nossa declaração de protecção de dados deve ser legível e compreensível para o público em geral, bem como para os nossos clientes e parceiros de negócios.

2 – NOME E ENDEREÇO DO CONTROLADOR

O controlador, para efeitos do Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD) e outras leis de protecção de dados aplicáveis nos Estados-Membros da União Europeia e outras disposições relacionadas com a protecção de dados, é: MORADA Rua Vigor da Mocidade, n.º 24 R/CH. DTO. 3045-401 Coimbra. CONTACTOS Tel: 960113345 Web:  http://www.moovt.pt E-mail:  moovt.portugal@gmail.com

3 – COOKIES

Nós usamos cookies neste site. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que identifica o seu computador no nosso servidor. Os cookies em si não identificam o utilizador individual, apenas o computador utilizado. Os cookies não são usados para recolher informações pessoais.O utilizador tem, a qualquer momento, a possibilidade de configurar o seu computador para aceitar todos os cookies, para notificá-lo quando um cookie é emitido ou para não receber quaisquer cookies. A forma como faz isso depende do navegador (web browser) que utiliza. Por favor, consulte a função “Ajuda” do seu navegador. Se aceitar cookies, eles podem permanecer no seu computador por muitos anos, a menos que os elimine. Por favor, note que desligar cookies pode limitar o uso de sites em geral PHPSESSID Este cookie é essencial e permite a nosso site responder a qualquer ação que executa no site, tal como completar um formulário de inquérito. O site não funciona corretamente se este cookie não for usado. Controlo de cookies: Os navegadores da Web permitem exercer algum controle de cookies através das configurações do navegador. A maioria dos navegadores permitem bloquear cookies ou bloquear cookies de sites específicos. Os Navegadores também podem ajudá-lo a apagar os cookies quando fecha o navegador. Deve observar no entanto, que isso pode significar que quaisquer opt-outs ou preferências definidas no site serão perdidos. Para saber mais sobre os cookies, incluindo a forma de ver o que os cookies foram criados e como gerenciar e excluí-los, visite www.allaboutcookies.org que inclui informações sobre como gerir as suas configurações para os vários fornecedores de navegadores.

4 – SUBSCRIÇÃO DAS NOSSAS NEWSLETTERS (BOLETINS INFORMATIVOS)

No website da moov.t, os visitantes têm a oportunidade de se inscrever na newsletter (boletim informativo) da nossa empresa. O formulário de subscrição utilizado para este propósito determina quais os dados pessoais que são transmitidos, bem como quando a newsletter é solicitada ao controlador. A moov.t informa regularmente os seus clientes e parceiros de negócios através de uma newsletter sobre notícias, novidades dicas. A newsletter só pode ser recebida pelo titular de dados se (1) este tiver um endereço de e-mail válido, e (2) este se inscrever para a recepção da newsletter. Por razões legais, um e-mail de confirmação será enviado para o endereço de e-mail registado pela primeira vez pelo titular dos dados para o envio de newsletters, num procedimento normalmente conhecido como “dupla inscrição”. Este e-mail de confirmação é usado para verificar se o proprietário do endereço de e-mail – como titular de dados – deseja receber a newsletter. Durante a inscrição para a newsletter, também armazenamos o endereço IP do sistema informático atribuído pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP) e usado pelo titular dos dados no momento do registo, bem como a data e hora do registo. A recolha destes dados é necessária para compreender o (possível) uso indevido do endereço de e-mail de um titular de dados numa data posterior e, portanto, serve o objectivo da protecção legal do controlador. Os dados pessoais recolhidos como parte de um registo para a newsletter só serão utilizados para enviar a nossa newsletter. Além disso, os assinantes da newsletter podem ser informados por e-mail, desde que tal seja necessário para a operação do serviço de newsletter ou um registo em questão, como poderia ser o caso de modificações na oferta de newsletter, ou a alteração de circunstâncias técnicas. Não haverá transferência de dados pessoais recolhidos pelo serviço de newsletter para terceiros. A assinatura de nossa newsletter pode ser terminada pelo titular dos dados a qualquer momento. O consentimento para o armazenamento de dados pessoais, que o titular dos dados forneceu para enviar a newsletter, pode ser revogado a qualquer momento. Para efeitos de revogação do consentimento, um endereço correspondente pode ser encontrado em cada newsletter. O titular dos dados também pode desinscrever-se da newsletter comunicando esse desejo ao controlador.

5 – POSSIBILIDADE DE CONTACTO VIA WEBSITE

O website da moov.t contém informações que permitem um contacto electrónico rápido com a nossa empresa, bem como uma comunicação directa connosco, o que também inclui um endereço geral do chamado correio electrónico (endereço de e-mail). Se um titular de dados entrar em contacto com o controlador por e-mail ou através de um formulário de contacto, os dados pessoais transmitidos pelo titular dos dados são armazenados automaticamente. Esses dados pessoais transmitidos de forma voluntária pelo titular dos dados ao controlador de dados são armazenados com o propósito de tratar ou entrar em contacto com o titular dos dados. Não há transferência desses dados pessoais para terceiros.

6 – DURAÇÃO DO ARMAZENAMENTO DE DADOS

Os dados serão conservados por um período máximo de 5 anos após o fim da sua utilização.

7 – DIREITOS DOS TITULARES DOS DADOS

  • Direito de ser informado Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de saber como os dados pessoais por si fornecidos serão usados pelo controlador ou pelo processador. A presente declaração de protecção de dados explica como todos os dados pessoais recolhidos podem ser usados. Se um titular de dados tiver alguma dúvida sobre como os seus dados pessoais serão usados, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar a moov.t.
  • Direito de confirmação Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter confirmação do controlador sobre se os dados pessoais relativos a ele/ela estão ou não a ser tratados. Se um titular de dados desejar usufruir deste direito de confirmação, ele/ela pode, contactar-nos a qualquer momento.
  • Direito de acesso Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador, a qualquer momento e gratuitamente, informações sobre os seus dados pessoais armazenados e uma cópia desta informação. Além disso, as directivas e regulamentos europeus concedem ao titular dos dados acesso à seguinte informação:
  • Direito de rectificação Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador sem demora indevida a rectificação de dados pessoais imprecisos sobre ele/ela. Tendo em conta os propósitos do tratamento, o titular dos dados tem o direito de preencher os dados pessoais incompletos, inclusive mediante a apresentação de uma declaração complementar.Se um titular de dados desejar usufruir deste direito de rectificação, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar-nos directamente.
  • Direito de apagamento (Direito de ser esquecido) Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador o apagamento de dados pessoais que lhe dizem respeito definitivamente
  • Direito de restrição do tratamento Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de obter do controlador restrição de tratamento
  • Direito à portabilidade de dados Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de receber os dados pessoais referentes a ele/ela, que foram fornecidos a um controlador. Além disso, pode exercer o seu direito à portabilidade dos seus dados.  Para assegurar o direito à portabilidade de dados, o titular de dados pode, em qualquer momento, contactar-nos directamente.
  • Direito de objecção Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de se opor, por motivos relacionados com a sua situação particular, a qualquer momento, ao tratamento de dados pessoais que lhe digam respeito.
  • O direito de ser informado em caso de tomada de decisão automatizada, a lógica subjacente a esse sistema, assim como a importância e consequências do seu tratamento para a pessoa em causa.
  • Direito de retirar o consentimento ao tratamento de dados Cada titular de dados tem o direito – concedido pelo legislador europeu – de retirar o seu consentimento ao tratamento de seus dados pessoais a qualquer momento.Se o titular dos dados desejar exercer o direito de retirar o consentimento, ele/ela pode, em qualquer momento, contactar directamente o nosso Encarregado de Protecção de Dados ou outro funcionário do controlador.

8. PROTECÇÃO DE DADOS PARA CANDIDATURAS E PROCEDIMENTOS DE CANDIDATURA

O controlador de dados irá recolher e tratar os dados pessoais dos candidatos com o objectivo de tratar o procedimento da candidatura. O tratamento também pode ser realizado electronicamente. Este é o caso, em particular, se um candidato enviar os documentos da candidatura correspondentes por e-mail ou através de um formulário no website para o controlador. Se o controlador de dados concluir um contrato de trabalho com um candidato, os dados enviados serão armazenados com o objectivo de processar a relação de trabalho de acordo com os requisitos legais. Se nenhum contrato de trabalho for celebrado com o candidato pelo controlador de dados, os documentos da candidatura serão automaticamente apagados no prazo de dois meses após a notificação da decisão de recusa, desde que (1) nenhum outro interesse legítimo do controlador – como o fardo de prova num procedimento legal – se oponham ao apagamento, ou (2) o titular dos dados expresse explicitamente o seu desejo de que o controlador retenha os dados pessoais. Um exemplo típico desse desejo do titular de dados é quando ele/ela pretende que o controlador retenha um Curriculum Vitae (ou seja, dados pessoais) para contacto futuro quando surgir uma oportunidade de emprego adequada.Para fornecer aos visitantes mais escolha sobre como os seus dados são recolhidos pelo Google Analytics, o Google desenvolveu o Google Analytics Navegador Opt-out Add-on. O add-on comunica com o JavaScript do Google Analytics (ga.js) para indicar que as informações sobre a visita do site não devem ser enviados para o Google Analytics. O Google Analytics Navegador Opt-out extra não impede que as informações sejam enviadas para o site em si ou para outros serviços da web analytics. Saiba mais sobre o Google Analytics Brower Opt-out extra.

9 – FORNECIMENTO DE DADOS PESSOAIS COMO REQUISITO LEGAL OU CONTRATUAL; REQUISITO NECESSÁRIO PARA CELEBRAÇÃO DE CONTRATO; OBRIGAÇÃO DO TITULAR DOS DADOS DE FORNECER OS DADOS PESSOAIS; POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE FORNECIMENTO DESSES DADOS.

Esclarecemos que o fornecimento de dados pessoais é parcialmente exigido por lei (por exemplo, regulamentos fiscais) ou também pode resultar de disposições contratuais (por exemplo, informações sobre o parceiro contratual).Às vezes, para fechar um contrato, pode ser necessário que o titular dos dados nos forneça dados pessoais, que devem ser posteriormente tratados por nós. O titular dos dados é, por exemplo, obrigado a fornecer dados pessoais quando a nossa empresa assina um contrato com ele/ela. O não-fornecimento de dados pessoais teria a consequência que o contrato com o titular dos dados não poderia ser concluída.Antes de os dados pessoais serem fornecidos pelo titular dos dados, o titular dos dados deve entrar em contacto com o nosso Encarregado de Protecção de Dados. O nosso Encarregado de Protecção de Dados esclarece o titular dos dados sobre se a prestação dos dados pessoais é exigida por lei ou contrato ou se é necessária para a celebração do contrato, se existe a obrigação de fornecer os dados pessoais, e as consequências da falta de fornecimento dos dados pessoais.

10 – ACTUALIZAÇÕES

Esta política de privacidade pode ser actualizada regularmente. Por este motivo, recomendamos que o consulte sempre que visitar o nosso website.